Tucuruí vai ofertar curso de Mestrado em Infraestrutura e Desenvolvimento Energético

A área das Engenharias no Campus de Tucuruí ganha, este ano, mais um Programa de Pós-Graduação, desta vez, em Infraestrutura e Desenvolvimento Energético (PPGINDE), pertencente ao Núcleo de Desenvolvimento Amazônico em Engenharia (NDAE) do referido campus. A proposta de criação do Programa, que ofertará o curso em nível de mestrado acadêmico, foi aprovada nesta terça-feira, dia 5, em reunião do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal do Pará (Consepe/UFPA).

O curso recebe o apoio institucional da Eletrobras e da Prefeitura Municipal de Tucuruí e tem como propósito auxiliar na formação e fixação dos profissionais qualificados para o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão, a fim de atender às demandas regionais e nacionais na área de Infraestrutura e Desenvolvimento Energético.

O curso é voltado para o campo da Engenharia Civil, com linhas de pesquisa em Eficiência Energética, Energias Renováveis, Estruturas e Tecnologia dos Materiais. O corpo docente é formado por 14 professores com Doutorado nas áreas de Engenharia ou afins.

Para a execução do Programa de Pós-Graduação, o Campus de Tucuruí dispõe de quatro salas para docentes, quatro salas para alunos, uma sala de estudos, sete laboratórios, além de biblioteca com acesso ao Portal de Periódicos da Capes.

Curso recebe nota 3 - Em abril deste ano, o Mestrado Acadêmico em Infraestrutura e Desenvolvimento Energético foi avaliado e aprovado com nota 3 pelo Conselho Técnico-Científico da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CTC-CAPES). A análise foi realizada com base na grade curricular, a qual contempla atividades teóricas e práticas com enfoque nos problemas regionais e na experiência tanto acadêmica quanto tecnológica do corpo docente.

 

Texto: Ericka Pinto – Assessoria de Comunicação da UFPA

Fotos: Adolfo Lemos

 

----------------

Publicado em: 05.07.2016