Centro de Pesquisas em Aquicultura do Nordeste Paraense será implantado em Bragança

A Universidade Federal do Pará (UFPA) está implantando o Centro de Pesquisa em Aquicultura do Nordeste Paraense (CEANPA), que será o primeiro do Estado. O Centro pertence ao Campus de Bragança e está atrelado aos cursos de graduação e de pós-graduação, por meio de pesquisas e também de associações de piscicultores da região. O projeto de construção do (CEANPA) foi submetido aos órgãos de financiamento e, recentemente, protocolado para o pedido de licenciamento ambiental à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Bragança.

Importância – O (CEANPA) está diretamente vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Pesca (PPGAQUAPEC), o qual se encontra em processo de submissão à Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes). "As pesquisas poderão ser desenvolvidas em parcerias com outros programas, como o PPBA e o PPGCAM, já que alguns docentes do CEANPA estão vinculados a esses programas de pós-graduação”, ressalta a coordenadora do Centro, professora Zélia Pimentel.

A coordenadora ressalta, ainda, que o curso de Engenharia de Pesca de Bragança será beneficiado diretamente pela criação do (CEANPA), em razão da sua área de atuação. Outros cursos também terão benefícios, como Ciências Biológicas, Ciências Naturais e Pedagogia, que poderão utilizar a infraestrutura para pesquisa.

Financiamento – A construção do Centro de Pesquisa está contemplada pelo Fundo de Infraestrutura - o CT-INFRA (2010/2011) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), com o Projeto 3053 (FINEP/UFPA/FADESP/CT INFRA 2010/2011), o qual receberá o valor de R$ 1.244.780,00. Receberá, também, recursos  do setor do agronegócio (CT-AGRO), projeto 2866 (FINEP/UFPA/FADESP – CT/AGRO) para estruturação e operacionalização do (CEANPA), no valor de R$ 820.300,00.

Parcerias – A extensão de docentes da Faculdade de Pesca (FEPESCA) e do Instituto de Estudo Costeiros (IECOS) é feita em parceria com a Secretaria Municipal de Economia e Pesca de Bragança. Também há associações com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, (SEBRAE-Capanema), a Associação de Usuários da Reserva Extrativista do Caeté-Taperaçu (ASSUREMACATA), a Associação de Agricultores e Aquicultores de Nova Olinda (AGROMAR), entre outras parcerias. Segundo a coordenadora, ’’o Pará, por ser um Estado com dimensão continental e estar dentro da Amazônia Continental e Azul, necessita trabalhar o conceito de sustentabilidade. Esse é o nosso desafio: trabalhar para o desenvolvimento sustentável da aquicultura na Região Amazônica’’.

O Empreendimento - A área total do projeto de construção do (CEANPA) está prevista em 3,64 hectares, pouco mais de 36.000 metros quadrados, contendo um prédio, oito laboratórios para pesquisa e uma biblioteca. Os laboratórios serão de Tecnologia do Pescado, Qualidade de Água, Nutrição de Peixes e Camarões, Sanidade de Organismos Aquáticos, Reprodução de Peixes Amazônicos, Melhoramento Genético, Carcinocultura e Piscicultura Ornamental.

O projeto inclui, ainda, a construção de doze viveiros de 450 metros quadrados cada um, num total de 5.400 metros quadrados. Dois viveiros serão de decantação para o controle da acidez da água e um reservatório de abastecimento de 1.200 metros quadrados. A decantação receberá água drenada dos viveiros do laboratório.  A água poderá ser reaproveitada, bombeada para o reservatório e novamente utilizada nos viveiros, diminuindo o impacto ambiental.

O pedido de Dispensa de Licenciamento Ambiental – O pedido fundamenta-se no artigo 7°, da Resolução 413, de 26 de junho de 2009, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA-MMA), responsável pelo Licenciamento Ambiental da Aquicultura. Segundo Zélia Pimentel, “os projetos executivos de infraestrutura para o Centro de Pesquisas em Aquicultura do Nordeste Paraense já foram elaborados. Foi feito o pedido de dispensa do licenciamento ambiental à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Bragança”, disse.

 

 

Texto: Fábio Xavier – Assessoria de Comunicação da UFPA

Imagem: Arquivo/ Campus de Bragança

 

----------------

Publicado em: 08.04.2016